Error, group does not exist! Check your syntax! (ID: 18)
Error, group does not exist! Check your syntax! (ID: 18)
Published On: 29 Out, 2021

Falta de vacinas para gatos obriga à criação de “grupos prioritários”

“Estamos a dar prioridade aos casos mais urgentes e à vacinação inicial dos gatinhos mais pequenos”, explica o bastonário da OMV, Jorge Cid.

Falhas de produção e distribuição do stock nacional de vacinas para gatos já obrigou os médicos veterinários a estabelecerem “grupos prioritários” para a sua administração. Prevê-se que a situação só deverá ficar regularizada “na melhor das hipóteses” em 2022, avança o jornal Novo.

“Há vacinas, mas são poucas. Encomendam-se 100 e chegam 20 a conta-gotas, o que obriga a uma gestão mais cuidadosa”, revela o bastonário da Ordem dos Médicos Veterinários (OMV), Jorge Cid. “Com as poucas vacinas que ainda temos, estamos a tentar gerir a vacinação dos gatos para evitar um cenário mais grave através da criação de grupos prioritários. De um modo geral, estamos a dar prioridade aos casos mais urgentes, em que os gatos já têm alguma complicação de saúde, e à vacinação inicial dos gatinhos mais pequenos”.

Segundo revela a Associação Nacional de Empresas Veterinárias, a escassez que se começou a sentir logo nos meses de verão “é geral” e está a atrasar a vacinação de milhares de animais, desde as vacinas que previnem infeções respiratórias provocadas pelo calicivírus ou pelo herpesvírus à que imuniza contra a apatia e vómitos provocados pela chamada panleucopenia felina.

De acordo com Jorge Cid, “nos cães há algumas quebras de stock, mas nada que se aproxime da situação a que se assiste nos gatos”.

“A explicação que os responsáveis dos laboratórios me dão junta a falha das matérias-primas, a falta de mãos para trabalhar, a questão dos sucessivos atrasos no transporte e o aumento da procura, visto que, durante a pandemia, o número de adoções também aumentou”, contextualiza o bastonário da OMV.

Segundo alerta, o mais “preocupante” passa pela “situação dos animais de rua e a dos milhares que se acumulam nos abrigos para animais”. “O que está aqui em causa é um grave problema de saúde animal. À exceção da raiva, nenhuma outra das doenças em causa pode ser transmitida a humanos”.

VET

ler mais
Error, group does not exist! Check your syntax! (ID: 19)
Error, group does not exist! Check your syntax! (ID: 19)
ler mais