A campanha de sensibilização, lançada pela Associação São Francisco de Assis (SFA) e participada pelo Município de Cascais, tem como objetivo lembrar o público que “um animal não é um presente de natal”, apelando a um “Natal consciente”.

Desenvolvida pela agência “NOSSA” e produzida pela “Bom da Fita”, a ação já está a circular nas redes sociais através de um vídeo, bem como nas ruas do Município de Cascais, através de posters com o slogan “Neste Natal seja consciente. Animal não é um presente!”.

O slogan da campanha é acompanhado de fotografias de vários animais, que estão neste momento disponíveis para adoção na SFA, com nome e idade.

“A adoção de um animal de companhia é uma decisão que requer reflexão e implica o envolvimento de toda a família que irá passar a ter mais um elemento”, diz João Salgado, vice-presidente executivo da SFA.

O vice-presidente apela às pessoas para que estas pensem “bem acerca das implicações inerentes ao acolhimento de um animal no seio familiar” e relembra que o abandono e os maus tratos dos animais de companhia são “crimes puníveis por lei que devemos evitar a todo o custo”.

José Cid, bastonário da Ordem dos Médicos Veterinários, afirma que, em Portugal, são abandonados todos os anos mais de 40 mil animais, número que foi particularmente alto durante a primeira vaga da pandemia de Covid-19.

Em 2018, outras associações como a União Zoófila e o Cantinho dos Animais Abandonados de Viseu negaram os pedidos de adoção nas semanas que antecederam ao Natal.

AR/JN

 

ler mais