A associação Animais de Rua promove, este ano, pela terceira vez, uma iniciativa intitulada de Leilão Literário Solidário, na qual conta com mais de mais de 100 livros, doados e grande parte deles (cerca de 70) autografados pelos autores. O objetivo é simples: promover a leitura e angariar dinheiro para a associação que acolhe animais das ruas.

A iniciativa começou no dia 20 de abril e prolonga-se até ao último dia do mês, 30 de abril. As licitações decorrem na página de Facebook da Associação Animais de Rua e começa com o valor mínimo de 5 euros.

Nesta terceira edição, o evento decorre em duas fases: a primeira que aconteceu entre os dias 20 e 22 de abril, na qual foram apresentados três obras do escritor português Valter Hugo Mãe (duas ilustrações, elaboradas especificamente para a associação, e a obra Cristão de Vanguarda – que não está atualmente no mercado); e a segunda, no dia 23 de abril, Dia Mundial do Livro que permanece até 30 de Abril, na qual os interessados poderão licitar mais de 100 livros, com as assinaturas dos respetivos autores, como Mário de Carvalho, José Luís Peixoto, Alice Vieira ou Richard Zimler, cuja base de licitação começa nos cinco euros, aumentando, a cada licitação, no mínimo, um euro.

No final de cada leilão, os vencedores serão contactados através do Facebook e terão três dias para entrar em contacto com a Animais de Rua e confirmar a aquisição dos livros. Posteriormente, os exemplares serão enviados para a morada indicada pelos participantes entre dia 1 e 10 de junho.

A associação foi fundada em 2005 e tem como foco prioritário a intervenção juntos de animais abandonados, dando-lhes o conforto de um lar, alimentando-os, esterilizando-os e tratando-os quando se encontram doentes, entre a prestação de outros cuidados. Além disso, a Animais de Rua promove ações de prevenção de maus tratos dos animais e de sensibilização para a adoção de animais de rua. Se não poder adotar, tem sempre a opção de ajudar de diferentes formas, comovoluntariar-se, apradinhar um animal, doar dinheiro ou bens e contribuir com um Cartão de Amigo que tem custo simbólico de 3€ por mês.

É de ressalvar ainda que, até ao dia de hoje, a associação já resgatou mais de 25 mil animais.

Erica Quaresma

ler mais