A AVMA lançou a iniciativa Mês da Saúde Oral Animal [Pet Dental Health Month], celebrada em fevereira, como forma de alertar para a importância de cuidar da saúde oral dos animais. Em comunicado, a organização adverte que o mau hálito nos cães pode ser sinal de doença, podendo afetar os dentes e outros órgãos internos.

“A doença oral é o problema de saúde mais frequentemente diagnosticado nos nossos animais de estimação”, afirma o Dr. John de Jong, presidente da AVMA. “Além de causar retração gengival, perda de dentes e dor significativa, as bactérias orais entram para a corrente sanguínea, afetando potencialmente o coração, o fígado e os rins, o que pode ser fatal”, acrescenta.

Na mesma nota, o representante destaca ainda a importância de se realizarem exames orais regularmente como parte integrante e prioritária dos cuidados de saúde dos animais de estimação.

A AVMA relata ainda que, segundo a American Veterinary Dental College, a maioria dos cães e gatos apresentam sinais de doença periodontal por volta dos três anos de idade, identificada pelo mau hálito, mudança nos hábitos alimentares, por patadas no cara e sintomas de depressão.

No comunicado, a associação faz referência a um estudo publicado no Journal of Veterinary Dentistry (JOVD), que mostrou que apenas dois% dos donos de cães escovam os dentes dos seus animais. Outra pesquisa também concluiu que apenas 14% dos cães e 9% dos gatos recebem atendimento dentário no consultório veterinário.

MS

ler mais