Em nota de imprensa, a Câmara de Ourém, no distrito de Santarém, informa que foi aprovado em reunião de executivo o projeto de execução do Centro de Recolha Oficial de Ourém, no valor de 455 mil euros, acrescidos de IVA.

O Município, liderado por Luís Albuquerque (coligação PSD/CDS Ourém Sempre), justifica a construção desta infraestrutura com a proibição do abate de animais por motivo de sobrelotação das instalações.

O Centro de Recolha Oficial de Ourém permitirá o acolhimento de animais errantes, num período compreendido entre 15 e 21 dias, no fim do qual será feito o transporte dos mesmos para o Centro Intermunicipal de Recolha de Animais Errantes de Proença-a-Nova.

O canil será implementado junto ao edifício do Serviço Municipal de Proteção Civil e terá capacidade para acolher entre 14 a 21 cães e 15 a 48 gatos, consoante o tamanho dos animais.

Segundo a autarquia, está prevista a possibilidade de alargamento da estrutura, sendo possível a construção de dois blocos de celas adicionais que poderão triplicar a capacidade inicial das instalações.

LUSA

ler mais