Segundo a nota divulgada pelo executivo, a iniciativa teve início na passada semana e, de acordo com a informação divulgada hoje pela autarquia, “já passou em metade das freguesias (11) do concelho”.

As duas campanhas anteriores resultaram na vacinação de 1.168 animais domésticos, incluindo a vacinação, a colocação do chip e o registo dos animais.

“O objetivo é continuar a dar a oportunidade a todos os munícipes de vacinar e identificar o seu cão ou cadela de forma gratuita, com o objetivo de assegurar a cobertura da profilaxia antirrábica dos animais domésticos e um maior controlo de existências destes animais no Funchal”, diz a vereadora responsável por esta área, Idalina Perestrelo, citada no comunicado.

LUSA