Durante o festival Dashain, o mais importante no país, milhares de animais são sacrificados todos os anos para o ritual do “banho sagrado”, em devoção à deusa hindu Durga.

Ativistas no terreno têm protestado diariamente contra a ‘matança’ dos animais, entre cabras, búfalos, galinhas e patos, e tentado dissuadir milhares de devotos.

O grupo de ativistas prepara-se também para enfrentar o Festival Gadhimai no próximo ano, no sul do Nepal, que acontece a cada cinco anos e é conhecido como o maior sacrifício religioso de animais do mundo.

Em 2009, terão sido mortos mais de 250 mil animais naquele festival, segundo o jornal britânico The Guardian.

LUSA