“Nós disponibilizamos 500 doses de vacina para cada clínica veterinária com a qual trabalhamos, para que elas possam administrar a vacina gratuitamente”, disse Margarida Mussimbute, médica veterinária na direção de Agricultura da cidade, citada hoje pela Agência de Informação de Moçambique (AIM).

O programa de vacinação vai ser aplicado por oito clínicas privadas e pela Faculdade de Veterinária da Universidade Eduardo Mondlane (UEM), que estão a receber doses de vacina para administrar gratuitamente aos animais. Algumas das clínicas envolvidas na campanha têm dado assistência nos bairros.

Além da vacina para animais, a cidade de Maputo conta com 680 doses de vacina anti-rábica para vítimas de mordedura por animais por um período de três meses.

De janeiro a junho deste ano, 12 pessoas perderam a vida após de um total de 1.689 casos de mordedura por animais, principalmente cães.

LUSA